TF Drops
Loading...

Publicidade

Entrevista - Gustavaum

Kyuranger 47 - Raw de Gustavaum

Se existe alguém que é definitivo para que muitos fansubs brasileiros e estrangeiros façam o trabalho de tradução e legendas que a maioria dos seguidores aqui do site conhece, este alguém atende pelo pseudônimo de Gustavaum.

Conhecido há anos por quem lida com sites, ele possui contatos importantes no Japão que permitem que os vídeos originais cheguem até nós.
E muito embora prefira não aparecer em fotos nesta entrevista por questões pessoais, aceitou nosso pedido para a mesma.


TF - Qual é a sua idade e quais são seus heróis de infância?

Gust - Tenho 31 anos, nasci em 86. Comecei basicamente igual a todos da minha época: ao chegar em casa, ligava a TV e assistia maravilhado coisas como Jaspion, Jiraya, Jiban, Flashman, Changeman...
Até assisti outros da época, mas não consigo me lembrar especificamente de quais, mas assisti uma parte considerável deles, só coisas um pouco mais antigas que eu realmente não assisti, tipo Spectreman (preciso tirar um dia pra procurar os DVDs originais "por aí" e assistir, hehehe.)


TF - Desde os heróis que assistia quando pequeno, como foi sua reação quando mergulhou na Internet atual e descobriu tantas novas séries Tokusatsu?

Gust - Eu não lembro exatamente qual ano foi, mas um belo dia, quando fazia pesquisa pela internet via Google começou a bombar por aqui, eu lembro que eu havia reassistido um tokusatsu da época da infância (não me lembro qual em específico) e decidi pesquisar mais sobre o tokusatsu em si, e acabei descobrindo que haviam mais produções do gênero em andamento, o primeiro que eu descobri foi Kamen Rider Ryuki.

Quando eu vi aquela abertura, aqueles efeitos, a execução como um todo, me bateu uma p*** nostalgia da época de criança. Ali foi o ponto de partida em que comecei a me adentrar ainda mais pelo mundo dos tokusatsu.


 
Tela do download de Gustavaum dos originais japoneses.


TF - Você hoje é um dos maiores raw hunters de Tokusatsu do Brasil, bem quisto inclusive por grupos estrangeiros de renome, como o fansub americano Over-Time e ainda possuindo contatos no Japão que ajudam muito.
Como ocorreu de você se envolver tanto nesta tarefa?


Gust - Sim, fui convidado a fazer parte do Over-Time, e na época eles ainda nem haviam decidido se iriam mesmo iniciar um fansub, foi algo bem doido e corrido mesmo...
Muitos aqui devem conhecer o famoso imageboard "antissocial" 4chan, site onde podemos discutir de forma anônima sobre qualquer tipo de assunto, variando deste política até mesmo tokusatsu.
Pois bem, num belo dia, em num determinado tópico onde o assunto era tokusatsu, alguns indivíduos começaram a, digamos, ficar "enjoados" da forma como o popular fansub TV-Nihon legendava,
chegando até a questionar se a tradução deles era correta e coisas do tipo, aí alguns deles decidiram usar o mIRC para se encontrar e poderem conversar a respeito disso, e foi assim que surgiu o Over-Time.
Eles sabiam da minha existência e do Momotaros, e decidiram manter contato conosco para dar início a uma nova alternativa para assistir tais séries.


TF - Momotaros foi antes de você um outro raw hunter famoso, responsável por suprir fansubs do mundo todo com vídeos de boa qualidade para legendas.
De onde ele é, e por que ele encerrou atividades? Você tem contato com ele? Se sim, falam sobre raws, fansubs e essas coisas, ou outros papos?


Gust - Ele é dos Estados Unidos. A época que ele decidiu encerrar as atividades bateu certinho com a época que eu comecei a "salvar" o meio, e o motivo, bem, foi um baque...

Muitos hoje pensam que naquela época era só acessar um local, tipo um site localizado na deep-web ou algo do tipo, e que o arquivo estava lá para ser baixado, mas não era bem assim que funcionava.
No Japão, as pessoas sempre privam muito pela privacidade e pela maneira como pirateavam arquivos, porque lá é fácil detectar se um indivíduo pirateava determinado "arquivo.extensão",
e foi pensando nisso que surgiu uma espécie de "P2P Politizado". Vou tentar resumir como ele funciona...

Para poder fazer uso desse P2P, você tinha que compartilhar uma certa quantidade de arquivos para poder adentrar em um tipo de servidor, e caso você não compartilhe tal quantidade, você era banido.
Cada servidor dentro desse P2P tinha suas próprias regras, e para poder obter arquivos, você tinha que abrir chat com o dono do arquivo e solicitar troca de arquivos, e se você não tivesse nenhum arquivo de interesse da pessoa, ela nem trocava arquivos com você, e tudo tinha que ser escrito em japonês, então imagine a beleza que era.

E foi nesse tipo de P2P que encontrei o famoso "encoder japinha" que fornecia os vídeos em ótima qualidade.

Pegar os arquivos dele não era difícil (ele meio que facilitava o acesso, uma dessas raras exceções), o problema maior foi que esses servidores japoneses começaram a ter um "boom" de estrangeiros.
Alguns "admins" desses servidores obviamente se reuniram e decidiram a acabar com a festa dos estrangeiros e passaram a restringir o acesso somente aos japoneses.

Foi aí que o Momotaros ficou muito chateado e decidiu largar a vida de uploader, e onde eu passei a olhar por outras alternativas, chegando onde cheguei nos dias de hoje.
Eu converso com ele até hoje, falamos de tudo, até mesmo da nossa saudosa época. Hoje ele se dedica mais a sua vida pessoal, trabalho e família.

Graças ao trabalho de raw hunters é que podemos assistir séries legendadas 
em português em alta qualidade de vídeo. Caso de Kamen Rider Build.

TF - Algum dia pretende parar de ser raw hunter? E neste dia, o que acha que ocorrerá com o fandom? Será que surge um outro Gustavaum?

Gust - Eu sinceramente não sei, mas cedo ou tarde isso vai acontecer.
E, sim, com certeza surgirão outros uploaders/raw hunter, o acesso aos materiais hoje são fáceis, é só saber onde encontrar, negociar com quem provê materiais que a "mágica" acontece.
Podem ficar tranquilos quanto a isso.


TF - Frequentemente sites/fansubs ou até mesmo os speedsubs do Brasil e do mundo acabam usando suas raws para releases próprios sem dar um crédito específico a você (um mea culpa nisso, pois a TF tb comete este erro).
Isso o chateia?

Gust - Sinceramente? No começo eu ficava meio boladinho, mas hoje eu nem me importo mais.
O importante é fazer sua parte, e o que importa é quem dá valor ao seu trabalho, mesmo que ele seja "errado", afinal... Estamos falando de pirataria, hahahaha.


TF - Suas raws são trabalhadas por boas parte dos fansubs do mundo por conta de fansubs americanos que lançam o padrão de legenda Softsub (onde uma legenda pode ser extraída, para posterior tradução em outras línguas, ou revisão de temporização por projetos chamados scrubs).

Mas os fansubs que lançam o padrão Hardsub (legendas fixas que não se podem extrair do vídeo) também utilizam suas raws? Possui contato, por exemplo, com a TV-Nihon?

Gust - Sim, pessoas que são adeptas do hardsubbing também usam minhas Raws. Os brasileiros adeptos do hardsubbing usam assim porque não curtem terem suas legendas "roubadas", e eu até que entendo, mas acho bobeira.
Antigamente eu não via problema com hardsubbing, mas hoje eu evito totalmente, pois eu quero ter a liberdade de ter o vídeo puro e poder selecionar a legenda que eu uso, não afetando a qualidade final do vídeo em si. (Nota mental de quem encoda vídeos: hardsubbing acrescenta "detalhes"/"ruídos" ao vídeo original, logo a qualidade PODE ficar comprometida)

Até mesmo a TV-Nihon usou meus vídeos durante um tempo, mas eles, né, não creditavam ninguém e tal, eles só se importavam com eles mesmos e até hoje abominam o softsubbing.

O mundo evoluiu e a TV-Nihon preferiu parar no tempo... Enfim, escolha deles.
Atualmente eles conseguem ter seus próprios fornecedores, mas vou comentar algo engraçado que aconteceu com eles uns anos atrás...

Eles chegaram a pedir doações para comprarem um laptop para fazer gravações, e deu errado porque o laptop não tinha capacidade de processar gravações, e eles viraram motivo de piada por um tempo no 4chan por conta disso, hahaha.


TF - Você já mencionou ter um amigo responsável por uma conta no Twitter chamada Failsubs (uma conta brasileira que critica os erros de speedsubs, fansubs que não possuem domínio
sequer da língua portuguesa e geralmente traduzem usando o Google Tradutor).
Como vê o futuro dos fansubs no Brasil com situações como estas?

Gust - O fansubbing brasileiro morreu assim que serviços como o Netflix/Crunchyroll passaram a se tornar uma realidade entre nós. A TV brasileira está morta para isso, o interesse em produções desse naipe é zero, então a nossa salvação, por bem ou por mal, é a internet.

Eu falo isso porque hoje ninguém mais tem vontade de pegar uma série e criar uma legenda do zero, a grande maioria ripa as legendas/vídeos desses serviços e apenas remuxam/reencodam em modo hardsub para postar em seus sites e coisas do tipo.

E sim, eu sei que estamos órfãos nesse meio quando o assunto se trata dos tokusatsu da Toei, mas eu sei que cedo ou tarde a Toei passará a entender que PODE ser viável vender o tokusatsu deles para o ocidente.

Olhem para a franquia Ultraman da Tsuburaya, é simplesmente maravilhoso ver eles licenciando não só para outros países, mas para o nosso também. Enfim, se a Toei acordar um dia, não importando a plataforma, eu definitivamente irei parar de piratear e passarei a dar suporte. E se você não quer pagar, tudo bem, desde que não encha o saco dos outros, tá valendo.

O Failsubs foi ideia desse amigo de internet (que prefere não ser identificado) porque ele também enjoou de ver legendas no nosso idioma com erros bizarros.
Eu entendo que português é uma língua difícil e com muitas regras gramaticais, mas poxa, não custa nada se esforçar um pouco mais ao fazer "legenda amadora para fãs".

Até mesmo a Netflix/Crunchyroll cometem erros, e errar não é crime nenhum, o problema é quando persistem e ficam dizendo que foi feito "um trabalho primoroso"...


TF - Em todos os tempos e considerando todos os gêneros de Tokusatsu, você conseguiria destacar 5 das séries que mais gostou?

Gust - A famosa perguntinha de um milhão de dólares...
Gostei de tantas séries que mal consigo definí-las em uma escala de 1 a 5.

1) GARO
2) Kaizoku Sentai Gokaiger
3) Kamen Rider W
4) Kamen Rider Gaim
5) Kamen Rider Amazons

(Acho que deu pra notar que gosto mais de Kamen Rider, né? *risos*
Eu até poderia inserir alguns Sentais, mas a ideia de um "lutador solitário que se revolta contra o sistema" como é o Kamen Rider me chama muito mais a atenção.)


TF - E animes? Curte algum?

Gust - Eu confesso que para animes eu vou na onda do "modismo"/"modinha", eu raramente assisto animes "alternativos"...
Gosto de coisas como Dragon Ball, FullMetal Alchemist, Hokuto no Ken, Digimon... Esse tipo de anime.
Atualmente eu trabalho na Crunchyroll e acompanho somente os quais sou designado a trabalhar (estou sob contrato NDA ("Acordo de não divulgação"), então só posso falar/comentar algo
depois que tal anime é exibido), de resto não assisto muita coisa relacionada a anime.


TF - Voltando ao Tokusatsu, você sente algo diferente quando lança a raw do primeiro episódio (ou algum filme muito esperado) de uma série aos fãs?
Tipo, sente-se mais feliz ou ansioso do que para os episódios seguintes?

Gust - Olha, confesso que nunca parei pra pensar nisso...
Tokusatsu é tokusatsu, né. Têm séries/filmes que são boas, assim como tem séries/filmes que são "meia boca", mas no fim, tudo que envolve tokusatsu é divertido.
No fim queremos ver ótimas lutas juntas de mega-explosões, certo? *risos*

Boukenger, pela versão T-P, antigo fansub de Gustavaum


TF - Você hoje é raw hunter. Mas sabemos que já foi fansubber. Como foi aquela experiência e por que seu projeto foi encerrado?

Gust - Eu comecei a fansubar quando eu tinha entre 15-18 anos, e confesso que naquela época eu não tinha um bom domínio da lingua inglesa para poder traduzir (já cometi erros que poderiam aparecer no Twitter do Failsubs, hehehe), quiçá japonês, mas mesmo assim eu queria tentar algo diferente, e vi nisso uma chance de poder melhorar nesse quesito.

Eu tentei por várias e várias vezes a dar início a projetos e finalizá-los, mas nunca tive o retorno esperado. Ou eu desanimava, ou eu me sentia "corrompido" pelos haters de plantão que adoravam criticar as legendas que eu e meu grupo faziam, então chegou um momento que eu pensei
"Quer saber? F***-se, não vou mais legendar, vou só assistir ou em inglês ou sem legenda mesmo.", e foi bem nessa época que o meu interesse em obter as Raws cresceu exponencialmente.


TF - Naquela época haviam guerras e disputas de egos entre fansubs como ocorreram entre sites e fansubs nos últimos anos, com denúncias de links e tudo o mais?
(um adendo aos leitores: esta reação não é particular do Brasil não. Projetos de Tokusatsu na França e Vietnã até hoje travam batalhas pesadas nesse sentido, mas nos Estados Unidos há respeito entre os projetos)

Gust - Sim, sempre existiu, o pior deles era justamente a queda de links, e naquela época o refúgio dos fansubs eram os Bots XDCC no mIRC.
Esses Bots só caiam se a máquina de hospedagem resolvesse "entrar em pane" (A grande maioria dos Bots XDCC dos fansubs eram hackeados, era raro achar alguém com servidor pra poder manter eles online por um bom tempo).
Hoje o acesso às máquinas do tipo "seedbox" são uma realidade e têm preços acessíveis, então dá pra perpertuar os arquivos legendados por mais tempo via Torrent, algo que ainda não havia surgido direito naquela época.


TF - Hoje temos uma certa ascenção de séries feitas por outros países asiáticos, como a parceria Coreia do Sul/China em Legend Hero, ou a produtora chinesa Alpha Animation
(subsidiária da fábrica de brinquedos Auldey) que veio com as franquias Giant Saver e Armor Hero.
Chegou a assistir algo deles? Caso sim, acha que existe futuro nestas produções?

Gust -  Olha, até hoje não assisti nenhuma dessas produções independentes de outros países, mas o que eu penso é o seguinte: se nesses países eles tem uma audiência que os suportam e que querem ver mais disso, então já era, é bom pra eles e bom pra nós, que vamos atrás dessas produções.

O fato de estrangeiros assistirem essas produções pode ser um bom sinal, quem sabe eles passem a ver interesse em fornecer suas séries para serviços como a Netflix/Crunchyroll...
Alguém precisa explorar esse mercado de "tokusatsu alternativo", hein...


TF - Agradecemos seu tempo e atenção para com os leitores da Tokufriends. Algum último recado a todo mundo que curte seu trabalho e assiste séries favoritas com os vídeos que você consegue?

Gust - Agradeço a Tokufriends por me cederem um espaço para "divagar" e agradeço a vocês que tiveram paciência em me "ler".

Minha mensagem para vocês é simples: continuem assistindo tokusatsu.
Não importa se você está fazendo isso do jeito certo ou errado, o importante é assistir e fazer com que ele cresça entre a gente e que ele permaneça sendo querido por todos nós aqui do Brasil.



5 comentários :

  1. graças a vc eu voltei a sentir oque eu sentia na época da manchete e agora é melhor porque posso sentir o mesmo com varias outras pessoas que sentem o mesmo que eu ! então obrigado Gustavaum . obrigado a todos que fazem este trabalho lindo para min e para muitos outros

    ResponderExcluir
  2. Valeu, não só a ti mas aos demais que nos proporcionam assistir as séries não tendo de depender da má vontade das emissoras de tv.
    embora as séries sejam de heróis, tu e todo o pessoal dos fansubs que são realmente nossos heróis!

    ResponderExcluir
  3. Muito legal saber que tem pessoas que trabalham de bom grado para nos trazer toda essa diversão. Muito obrigado galera!

    ResponderExcluir
  4. Valeu, Gustavaum! Você tem uma grande importância para nós, embora o homo sapiens, principalmente o brasileiro, seja um bicho muito ingrato. Lembre-se daqueles que realmente dão o valor ao que você faz, sem você muita coisa não seria possível! Arigato!

    ResponderExcluir
  5. Acompanho tokusatsu na internet desde 2007, lembro bem que Gustavaum era o cara das raws e sempre fui muito grato por isso. Recentemente tava procurando raws no Nyaa e fiquei surpreso por ele ainda estar na ativa. Grupos vão e voltam, mas ele continua trazendo alegria para a gente. Sempre pensei que ele morava no Japão e gravava as séries diretamente, hahaha. Um muito obrigado por todo o belo serviço prestado à comunidade, Gustavaum!

    ResponderExcluir

Adoramos comentários, pois isso nos motiva. Apenas pedimos que evite termos ofensivos de qualquer tipo. Não aceitaremos comentários anônimos o/

Ir ao Topo