TF Drops
Loading...

Publicidade

Drops Especial - O Aniversário de Godzilla


Estou por aqui hoje em edição extraordinária para poder, junto à equipe Tokufriends parabenizar um personagem que hoje esta completando 62 anos de existência.

Quem respira Tokusatsu logicamente já sabe que estou falando do monstro mais famoso da história do cinema mundial, passando longe quem pensou em "King Kong".

Falo de um monstro ímpar tanto em sua criação quanto em sua trajetória, pois nenhum outro se igualou a este gigante do cinema. Muito embora muitas cópias tenham surgido ao longo destas 6 décadas, ele permanece em seu lugar de pioneiro.

Com sua baforada de radiação destruidora  ele já mudou de aparência, de cor  e de tamanho ao longo de sua vida. É  o desbravador do gênero Kaiju Eiga (filmes de monstros gigantes), inspirando a criação de outros monstros e causando desconforto com sua mensagem contra as armas nucleares,  esta incrível criatura ainda tem muito o que mostrar para seus fãs, que além de estarem comemorando seus 62 anos, também estão felizes por terem sido brindados com seu  novo filme que arrasou literalmente quarteirões no Japão, podendo ser sim um grande renascimento do gênero. É por  estas e outras razões que nós da Tokufriends desejamos Feliz Aniversário Godzilla.



Aproveitando aqui a oportunidade de falar sobre esta criatura monumental que surgiu nas mãos de dois gênios da indústria do cinema do Japão, contamos um pouquinho do que inspirou o primeiro filme de 1954:

Godzilla, como todos sabem, é um monstro radioativo que reflete o horror das armas nucleares, e foi em um Japão recém reconstruido pela segunda Guerra Mundial que o diretor Ishiro Honda teve a ideia de fazer um filme onde o horror das bombas pudesse ser personificado e ganhasse forma, embora não fosse exatamente nas bombas jogadas sobre Hiroshima e Nagasaki que o visionário Honda estava mirando.

Na verdade o senhor Honda estava focando a criação de Godzilla em um acidente nuclear que pouca gente sabe que aconteceu e muito menos que inspirou o filme.


Ishiro Honda teve sua inspiração no acidente ocorrido com um barco de pescadores chamado "Daigo Fukuryu Maru", que partiu pela manhã do dia 22 de Janeiro de 1954 da praia da cidade de Yaizu para sua pescaria normal e que desde o inicio teve problemas com redes, fortes ventos  e com seu motor que apresentou problemas atrapalhando o objetivo de seus tripulantes.

Após todos estes contratempos a tripulação ainda resolveu avançar mais em direção ao mar aberto para que talvez assim conseguisse sanar o prejuizo com o tempo perdido. No dia 1º de Março, Daigo Fukuryu Maru estava bem próximo ao Atol do Bikini (um lugar usado para testes nucleares na década de 50), só que por total falha de comunicação, os tripulantes da  embarcação  nunca foram informados de uma restrição de aproximação no atol havia sido expedida pelo governo japonês, após o anúncio americano de que pretendia testar uma bomba nuclear  no local. Por volta das 6:40  da manhã um enorme clarão surgiu no horizonte, os tripulantes sentiram um forte calor seguido de uma chuva de cinzas logo depois. A pescaria seguiu com o fato tendo tido pouca importância.

Naquele momento, pensou-se que o barco poderia estar fora da zona de risco determinada pelos americanos, mas o que ninguém sabia era que a zona de risco havia sido muito mal calculada.
Os americanos calcularam que a  explosão  pudesse ser de 6 megatons, porém a bomba liberou 15 megatons!


No dia seguinte todos já nutriam os sintomas da grande carga radioativa na qual ficaram expostos. Já sentiam um enorme enjôo sem conseguir se alimentar, e em poucos dias suas gengivas começaram a sangrar, queimaduras foram surgindo em seus corpos, sem contar que perderam a visão devido ao grande inchaço de seus olhos.

Retornando ao Japão, toda a tripulação sobrevivente foi colocada em  quarentena, só que o peixe capturado  acabou sendo vendido, o que ocasionou a morte de algumas pessoas que o consumiram. Sabe-se que o operador de rádio do barco foi primeiro tripulante a falecer.

Por isso, em 03 Novembro de 1954, o filme Godzilla foi lançado no Japão, tendo como cena de abertura um barco sendo destruído pelo monstro que logo a seguir acaba matando o operador de rádio.

Foram vários os motivos que nos fizeram contar a origem do Rei dos Monstros em seu Aniversário.

O Primeiro deles é que Godzilla retornou este ano aos cinemas do Japão com um sucesso devastador, e segundo porque este é o tipo de curiosidade que vocês só ficam sabendo aqui Tokufriends!

Logo, se existe alguma data para ser citada, com certeza é da celebração de um personagem importante criado e produzido pelos mestres Ishiro Honda e Eiji Tsuburay,a em uma época de ouro do Tokusatsu.


Sobre o autor:

0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos comentários, pois isso nos motiva. Apenas pedimos que evite termos ofensivos de qualquer tipo. Não aceitaremos comentários anônimos o/

Ir ao Topo