TF Drops
Loading...

Publicidade

Ultraman Orb - Episódio 10 homenageia as séries exibidas no Brasil

 

Saudações Siderais a Todos da Família Tokufriends!

Mais uma vez estou por aqui para abordar a franquia de Tokusatsu mais antiga da Tv Japonesa, e desta vez fazendo uma análise de como a produtora Tsuburaya pode surpreender os fãs de maneira original, usando antigos personagens com inteligência para sustentar uma nova trama onde as referências e homenagens conseguem agradar aos novos fãs e ao mesmo tempo deixar os fãs veteranos plenamente satisfeitos.



Obviamente que estou falando de Ultraman Orb, que vem engolindo a audiência no seu horário de exibição no Japão e arrebatando os acessos na plataforma de Stream Crunchyroll, e assim ultrapassando o sucesso de Ultraman X que foi o Tokusatsu mais assistido de 2015.

Este nosso bate-papo de hoje é focado diretamente em  um episódio em especial da série que com um roteiro sagaz nos remete à Era Showa, tanto pela trama quanto pelos personagens muito bem usados dentro do contexto.


Então sigam-me nesta abordagem de Ultraman Orb episódio 10 – A Morte de Juggler:


A franquia Ultraman, se destaca entre as demais do mesmo seguimento por ter a tradição de mostrar roteiros mais maduros com personagens que nunca são deixados de lado, mantendo assim uma ligação forte com o passado com o presente unificando os fãs de uma maneira habilidosa para estar sempre mostrando novas sagas protagonizadas por novos heróis, e com Ultraman Orb isso foi até um pouco mais além, pois se trata de uma série comemorativa de meio século de existência.



E Quem acompanha de perto a franquia Ultraman e esta seguindo a série Ultraman Orb pelo Crunchyroll, já percebeu que o grande recheio da série são as homenagens prestadas com muita habilidade pelos roteiristas que sabiamente as usam para compor uma nova trama e assim foi concebido o episódio 10, com referencias a séries apresentadas aqui no Brasil  e com as quais os fãs Brasileiros se identificaram instantaneamente.

Este episódio 10 traz de volta velhos inimigos conhecidos dos Brasileiros em novas versões que mantém o mesmo espirito de invasão e conquista mostrado em suas primeiras aparições nas Ultra-Séries Showa, com a diferença de que desta vez estão unidos no mesmo "Ultraverso" com a mesma maldade, frieza e armadilhas de outrora, eles agora fazem parte da "Aliança de Invasão Planetária" que já havia surgido em episódios anteriores de Orb más que neste episódio 10 expõe seus personagens a ações similares com as que seus antecessores foram protagonistas no primeiro Ultraman (1966) e também em o Regresso de Ultraman (1971).



Na Imagem abaixo, Don Nostra (Alien Méphilas) ao centro e seus subordinados Alien Nackle Nagus (Poderosos do Espaço e Alien Metron Tarude em sua novas versões que agora integram a Aliança de Invasão Planetária.

O Primeiro Alien Mephilas, surgiu no primeiro Ultraman em 1966 no Ep-33 " A Palavra Proibida" onde ele tenta de todas as maneiras trocar o planeta Terra com o pequeno irmão da oficial Fuji da Patrulha Cientifica, pois apesar de poderoso não é muito chegado em violência, más o menino não cede as suas propostas e então Méphilas apela para outras alternativas menos pacificas. Vale a pena citar que a batalha entre Méphilas e Ultraman terminou em empate tornando sua espécie muito admirada e revisitada dentro do Universo Ultra.



O Primeiro Alien Metron surgiu em  1967 na série Ultraseven, no Ep-08 "A Cidade Visada Por Metron" e  assim como Mephilas este Alien acreditava que podia invadir  o nosso planeta de forma sutil, sem fazer uso da força e da  destruição, porém ao iniciar seu plano acabou encontrando Ultraseven em seu caminho.

Como sempre costumo dizer, Ultraseven sempre esteve muito a frente de seu tempo e este episódio mostra isso claramente pois se tornou um grande alerta contra o tabagismo muitas décadas antes das fervorosas campanhas mundiais, e ainda hoje o Ep 08 é tido como pioneiro da franquia a usar novos ângulos de câmera e iluminação mostrando ao publico cenas de um entardecer ensolarado que serviu de palco para o combate entre Ultraseven e Metron estabelecendo assim uma marca registrada nas séries da franquia.

Este episódio 10 de Ultraman Orb, é um tributo inegável á série "O Regresso de Ultraman" de 1971 e é desta produção que vem o terceiro membro da Aliança de Invasão Planetária. Este terceiro membro é bem diferente dos Aliens que citei acima por ser extremamente violento e covarde e é considerado pelos fãs o pior vilão já enfrentado por Ultraman Jack.



E Com certeza todos já sabem que estou falando de Nackle Seijin, que na dublagem da série ficou conhecido como "Os Poderosos do Espaço" e surgiu na série no Ep duplo (37 e 38) que na tradução receberam os títulos de "Ultraman Morre Ao Entardecer" e "Quando Brilha a Estrela de Ultra".

Estes dois episódios onde Nackle Seijin aparece ficaram marcados na memória dos fãs aqui no Brasil por conter reviravoltas drásticas na existência de seus personagens com alto teor de violência e drama orquestrados pelo roteirista Shozo Uehara que criou uma atmosfera com ares de que era o final da série e mostrou um inimigo que vem ao nosso planeta para eliminar Ultraman Jack usando os membros da familia Sakata de forma que pudesse entristecer o coração de Hideki Goh e assim desestabilizar sua ação em combate.



Nackle Seijin sabia que Ultraman Jack se importava demais com os humanos e que sua simbiose com seu hospedeiro era grande e se durante a execução de seu plano conseguisse afetar o coração de Hideki Goh, com certeza também conseguiria afetar Ultraman Jack e assim seu plano foi colocado em ação resultando na morte cruel de sua namorada Aki Sakata e por consequência de seu irmão o Sr Ken Sakata em uma das cenas mais violentas da franquia e que resultou em um total descontrole de Ultraman ao combater os invasores e seu Kaiju de estimação Black King( Negrume ). Tudo isso fez com que  Ultraman Jack fosse derrotado e aprisionado em um tipo de cruz de Santo André, que foi arrastada para que todos na terra pudessem testemunhar seu flagelo como forma de demostração do grande poder dos invasores Nackle.


Más as surpresas não param por aí, pois como se fosse algum tipo de compensação para os fãs na segunda parte do episódio surgem os atores Susumu Kurobe (Hayata) e Koji Moritsugo (Dan) devidamente trajados com seus uniformes da Patrulha Cientifica e Esquadrão Ultra para dar vida novamente aos seus personagens e assim ajudarem Jack a escapar da grande emboscada com a ajuda de Ultraman e Ultraseven. As cenas que se seguem a partir deste momento são antológicas e estão guardadas com carinho na memória afetiva dos fãs.

Como eu disse acima, o episódio de Ultraman Orb - A Morte de Juggler  é  um  grande  tributo  para a série O Regresso de Ultraman e não foram apenas a dupla Nackle Seijin e Black King (Os  Poderosos do Espaço e Negrume) a serem usados para construir a trama que foram usados para desenvolvimento do roteiro, pois uma carta monstro ( Kaiju Card ) muito interessante ajudou Juggler a escapar dos disparos desferidos por Nackle Seijin contra ele, e esta foi a carta  de um monstro que surgiu no Ep- 18 "Ultraseven em Ação" que também é marcado como o primeiro crossover da série pois é neste episódio que Ultraseven surge pela primeira vez em o Regresso de Ultraman.


Más voltando a carta monstro, trata-se da carta Benstar que pode ter deixado pessoas que não acompanham a franquia um tanto confusos com o seu poder.  Más eu explico rs. Benstar é um Kaiju muito poderoso que Ultraman Jack e o Esquadrão MAT(GAM) enfrentaram muitas dificuldades para derrota-lo por se tratar de um monstro vindo  do espaço com um apetite voraz capaz de engolir com sua barriga em forma de pentágono até mesmo uma estação espacial inteira com todos os seus tripulantes a bordo , assim como tanques de petróleo e também todo tipo de munição disparada contra ele e foi usando os poderes do Monstro Benstar contidos na carta, que Juggler escapou dos tiros de Nackles Nagus.


Eu preciso explicar aqui que as cartas monstro ( Kaiju Card ) podem ser usadas de varias maneiras em Ultraman Orb, e Juggler usou a carta Benstar para se defender, más já usou cartas para trazer monstros de volta e já chegou até a ler a sorte de Nackle Nagus com suas cartas onde viu a morte do mesmo com a carta monstro de Enmargo, que fez sua primeira aparição em 1973 na série Ultraman Taro no Ep- 14  "Taro's Head Got Chopped Off" e mais adiante em Ultraman Orb no Ep - 11  "Perigo! A Mamãe" Chegou!" podemos ver que Juggler usou a carta Belial para quebrar o selo feito por Ultraman Zoffy para aprisionar a Besta Maga Orochi, e assim libertar a fera no primeiro episódio duplo da saga de Ultraman Orb.


Vocês podem estar estranhando o fato de eu ter citado o Alien Metron dentro do episódio 10 de Ultraman Orb, más eu explico o porque dele estar constando na lista de referencias. Então vamos lá...
Eu o citei pelo fato de que ele surge em Ultraman Orb juntamente com Nackle Nagus (Poderosos do Espaço) e seu chefão Don Nostra ( Mephilas Seijin) como membro da Aliança de Invasão Planetária no Ep - 06  "A Floresta Proíbida" e embora poucos se lembrem, a espaçonave que serve de base para os vilões da Aliança até o Ep 11,  nada mais é do que  uma nova versão da antiga espaçonave  do primeiro Metron Seijin surgido na série clássica de Ultraseven.

Abaixo uma imagem conjunta mostrando a espaçonave Metron em Ultraseven (1967) e no plano maior a que serviu de base para a Aliança de Invasão Planetária em Ultraman Orb (2016).

Escolhi este episódio de Ultraman Orb em especial para o nosso bate papo, porque é um divisor de águas dentro da série e quem segue a franquia sabe muito bem que este tipo de episódio,  já faz parte do universo Ultraman durante décadas e os elementos e personagens usados nele também foram usados em suas séries originais para  mostrar aos fãs como deixa-los surpresos no decorrer das séries.

E Um bom exemplo disso é a série mais homenageada dentro deste episódio, que é O Regresso de Ultraman. Porque??? Eu Explico:



O Surgimento do Monstro Benstar em 1971 ( Ep18)  em O Regresso de Ultraman, serviu para mostrar que o MAT (GAM) e Ultraman Jack não tinham preparo para combater aquele tipo de ameaça brutal e quase invencível  e que quase levou Ultraman a morrer no sol em uma tentativa desesperada de obter mais poder do fraco sol de nosso planeta,  e se não fosse  pela ajuda inesperada de  Ultraseven e um inesperado presente trazido por ele,  tudo poderia estar perdido.  E assim a partir deste episódio, a série obtém uma atmosfera de ficção cientifica tipica do que foi mostrado em Ultraseven, culminando na  primeira guinada da  série e que mais adiante nos Eps 37 & 38 com  o surgimento dos Poderosos do Espaço (Nackle Seijin) ainda  teríamos mais reviravoltas onde personagens queridos do público foram cruelmente executados deixando  um  menino órfão (Jiro Sakata) e também inserindo um novo personagem (Rumiko Maruno a vizinha linda....rss) para compor a reta final da série.



Em Ultraman Orb não foi diferente, pois a partir deste episódio 11, tudo dá uma grande reviravolta mostrando que a  ligação de Orb e Juggler é mais profunda do que se imagina ao ponto de deixar Orb preocupado  com os tiros disparados por Nackle Nagus contra o vilão enquanto estava travando uma luta feroz com Black King ... Seria mais uma tentativa de desestabilizar emocionalmente outro Ultraman como ocorreu com Ultraman Jack em 1971???


"A Morte de Juggler" também serve para confirmar que este vilão  é muito mais frio e astuto do que  se  imaginava , e  que  seus planos vão muito  mais além  do que ficar soltando monstros para destruir tudo a sua volta, e isso fica bem claro na conclusão do episódio quando é revelado como ele magistralmente escapou da cilada  planejada por Don Nostra ( Mephilas Seijin) e  Nackle Nagus (Poderosos do Espaço) usando uma poderosa carta monstro Benstar ( Kaiju Card ) para engolir os disparos de Nackle Nagus que estava cumprindo suas ordens de execução com muito entusiasmo.
Abaixo vocês podem ver uma imagem nítida da carta usada por Juggler para sobreviver aos disparos desferidos por Nackle Nagus. Achei interessante colocar esta imagem aqui porque a cena em que Juggler mostra a carta Benstar para Don Nostra ocorre muito rapidamente...

Uma outra situação que nos remete as versões originais dos vilões dentro deste episódio, é a proposta  que Don Nostra faz a Juggler, pois ao lhe oferecer  a carta monstro Black King (Negrume) pede ao vilão  para  exterminar  Ultraman Orb como pagamento se conseguisse eliminar Orb, receberia a carta do Ultraman Belial,  e como sabemos, o primeiro Mephilas também tentou um acordo sem violência com o menino Satoru no Ep 33 do Ultraman original,  e que felizmente não obteve sucesso na negociação com o pequeno irmão da oficial Akiko Fuji da Patrulha  Cientifica.  Vale dizer aqui que o primeiro Mephilas queria do menino a permissão para ficar com o planeta inteirinho só pra ele... Porém Juggler aceitou de cara a proposta de Don Nostra e partiu para uma luta corpo a corpo com Gai Kurenai, aguardando a hora de usar a carta Black King.

O Combate entre Ultraman Orb e mais nova versão de Black King é exibida neste episódio de forma eletrizante, com efeitos visuais de saltar os olhos em um ritmo frenético de demostração de poderes de ambos os lados, pois como sabemos a especie Black King desde que surgiu em 1971 para ajudar na exterminação de Ultraman Jack, tem a função de capanga  dos Aliens da raça Nackle e sempre desempenham um bom combate contra os Ultras aos quais enfrentaram até hoje.

Os Aliens Nackle tem uma ligação com os monstros da raça Black King que ficou bem conhecida dentro da franquia Ultraman e neste episódio quando Nackle Nagus descobre que  Don Nostra deu a carta monstro de Black King a Juggler, fica descontente com a atitude de seu chefão que logo o convence que tudo faz parte de um  plano.


E Na verdade tudo já estava tramado na cabeça de Don Nostra para tirar de seu caminho Ultraman Orb e também Juggler e  estava contando que Juggler em poder da carta Black King, derrotaria Orb e logo após enviaria Nackle Nagus para assassinar Juggler covardemente, más as coisas não se sucederam como o esperado.


Este episódio foi escrito por Yuji Kobayashi e dirigido por Suguru Tomita que juntos conseguiram fechar um arco dentro da série e ainda usá-lo como um preparador para os eventos mais aguardados pelos fãs e que foram mostrados a seguir nos Eps 11 e 12, e isso mostra o quanto o roteiro foi habilidoso mantendo a ação com suspense que cresce a cada cena e também já deixando o desfecho de alguns personagens selados como também quebrando o selo de personagens aprisionados.



Desde o inicio da série, ficou claro que Juggler sempre pretendeu mais do que realmente mostrava, e a cada episódio exibido apesar da elegência de seu terno e de uma forma de se expressar que não demonstrava agressividade, podia se ver nele um misto de maldade e até de insanidade que aliadas a sua inteligencia, fez com ele conseguisse reverter a situação a seu favor, aniquilando a Aliança de Invasão Planetária e ainda tomando posse da carta de Ultraman Belial que estava em poder do chefão Don Nostra, e ainda revelando sua verdadeira forma encerrando o episódio com maestria.

Como voces podem perceber, usei este episódio de Ultraman Orb como base para fazer um escaneamento dos vilões do passado que se mantem vivos no presente da franquia através de suas versões atualizadas, e diga-se de passagem isso vem sendo feito dentro do universo Ultraman durante décadas, esbanjando criatividade e mantendo os fãs diante das telas sempre atentos a cada nova produção da Tsuburaya. Más não é só disso que a série Ultraman Orb é constituída e trouxe  elementos  que conquistaram  a simpatia de muitos mostrando uma forma humana para Ultraman que esconde segredos de seu passado e que provisoriamente necessita dos poderes fusionados dos Ultras anteriores para poder assim lutar e defender o planeta das ameaças, e apesar de muitos criticarem a formula da série a ponto de ser publicado em algumas mídias que a franquia estava com os dias contados,  Ultraman Orb se já se tornou um clássico contemporâneo do Tokusatsu.


Acho importante esclarecer para as pessoas que estão se iniciando no universo Ultraman, como a Tsuburaya foi esperta em elaborar a maneira de se contar uma nova saga de um  guerreiro Ultra calcado no passado e se diferenciando das produções atuais de outras produtoras, sem ser apelativa e expandindo seu universo, e  devo dizer aqui que embora muitos tenham voltado seus olhos para a franquia com o advento de Orb, a Tsuburaya na verdade já vem mostrando este enquadramento desde de 2006 com o espetacular Ultraman Mébius, que se os fãs prestarem a atenção ainda foi até mais ousado do que o próprio Orb, e quem assistiu Mébius sabe que a profundidade de seus roteiros conseguiram de forma limpa realizar verdadeiros episódios antológicos que soaram como verdadeiras continuações das  séries exibidas na década de 70.


Assim também como foi o magnifico Ultraman X de 2015, que arrasou quarteirões e passou a frente em audiência e acessos de todas as outras famosas franquias de séries de super heróis vindos da terra do sol nascente, e foi  preparando o público para Ultraman Orb, que veio  brindar os fãs de outrora com homenagens e referências, conquistando novos fãs de forma impressionante e mostrando muita ação, efeitos visuais de excelente qualidade, atores que convencem, personagens carismáticos, roteiros mais maduros e sem excessos, com um  visual  limpo e acima de tudo mantendo a obra original do  Mestre criador Eiji Tsuburaya como mola mestra para impulsionar uma boa saga de guerreiros gigantes. 





Espero que curtam o texto que mais do que uma simples leitura tem o objetivo de mostrar de onde vem todo o conteúdo de Ultraman Orb de forma simples e compacta, embora eu saiba que o texto tenha ficado longo...Rsss.


3 comentários :

  1. Interessante...pelo jeito KR Ex-Aid vai ter um rival duro na queda pela frente tal qual foi no passado com KR 1 e o Ultraman original, Black Rx e Tiga entre outros...

    ResponderExcluir
  2. Matéria sensacional!!! Abordou de forma clara e bem executada todas as referências contidas nesse episódio maravilhoso... É incrível como a Tsuburaya consegue brincar com tantas referências em apenas 1 episódio, trazendo de volta elementos de clássicos da franquia, agradando desde o público mais antigo quanto os mais novos fãs, e mantendo a mesma essência criada com maestria por Eiji Tsuburaya, isso é algo que uma outra certa produtora tá precisando aprender. Parabéns ao mano Marcos pela matéria, que ficou linda! E viva Ultraman Orb! Espero que todos leiam!

    ResponderExcluir
  3. Encontro Ultraman 50 anos:
    https://www.facebook.com/events/618140405010457/

    ResponderExcluir

Adoramos comentários, pois isso nos motiva. Apenas pedimos que evite termos ofensivos de qualquer tipo. Não aceitaremos comentários anônimos o/

Ir ao Topo