TF Drops
Loading...

Publicidade

Entrevista com Seiki Kurosaki - Jaspion

Seiki Kurosaki na época desta entrevista

Há muitos anos, ainda na primeira versão do site Tokufriends em 2007, publicamos uma entrevista com o ator Seiki (Hikaru) Kurosaki, que apesar de ter sido feita pelo pessoal da Revista Herói em 2001, muita gente sequer conhecia.

Hoje e pra sempre, Jaspion é um ícone. E como tal, a Tokufriends publicará uma vez mais esta entrevista, com algumas atualizações, como fotos, vídeos e notas, para nossos leitores. No final da entrevista, serão feitas algumas colocações da Tokufriends.

http://2.bp.blogspot.com/--tVoihZJLFo/VoM65VJqW1I/AAAAAAAAFo8/7e_djIVZysA/s1600/jaspion_entrevista_3.jpg
Kurosaki e os dublês de Jaspion (clique para ampliar)


Herói - Você entrou muito jovem para o Japan Action Club (mais famoso grupo de dublês do Japão). O que seus pais disseram sobre isso?
Kurosaki A princípio meus pais foram totalmente contra. Mas acabaram aceitando e permitiram que eu entrasse.


 
Herói - O quê o motivou a entrar no JAC e a ser dublê?
Kurosaki - Foi após ver a atuação de Sonny Chiba (ou Shinichi Chiba, um dos mais respeitados dublês japoneses e fundador do JAC). Fiquei impressionado e quis me tornar um dublê também. Sem dizer que eu já era um grande fã da bela Etsuko Shiomi, que fazia muitos filmes de ação.


http://2.bp.blogspot.com/-1n9Huu096rw/VoM5k2U3JyI/AAAAAAAAFoo/5WZ24olPJow/s1600/jaspion_tokufriends_13.jpg
 Kurosaki na época da série, com um de seus principais dublês, Noriaki Kaneda
 

Herói - Você já praticava ou treinava para isso?
Kurosaki - Não, de forma alguma. A única coisa que eu costumava praticar era tênis e mergulho submarino, que é minha verdadeira paixão.

 

Herói - Quando foi sua estréia?
Kurosaki - Como ator foi na primeira série de Tropa das Sombras (Kage no Gundan I, da Toei). Nessa época atuei sob meu nome verdadeiro, Seiki Kurosaki.

 

Herói - Na década de 80, Jaspion abriu as portas no Brasil para diversas séries japonesas e se tornou um grande sucesso. Você sabia disso?
Kurosaki - Bem, já ouvi algo sobre isso através de Kazuyoshi Miura, que é um jogador profissional de futebol. Mas isso foi há uns nove anos. Fiquei muito contente com isso, mas confesso que não acreditei muito, até você me confirmar agora.


http://1.bp.blogspot.com/-I0WaQfM1wjk/VoM7teeWffI/AAAAAAAAFpI/44wHxjY0yTo/s1600/jaspion%2Be%2Besposa.jpg
 "Jaspion" e sua esposa, em uma entrevista, muitos anos depois da série
 

Herói - Você tem contato com outros atores da série, como Junichi Haruta (Mac Garen) e Hiroshi Watari (Boomerman)?
Kurosaki Pra falar a verdade, não. Eu já não os encontro há muito tempo. Mesmo porque me afastei desse meio (TV e teatro).


 
Herói - Como você foi escolhido para atuar em Jaspion? Algum teste? Esperava por isso?
Kurosaki - Shiomi e eu havíamos atuado juntos no teatro, os produtores da série estiveram lá, gostaram de minha atuação e me chamaram em seguida.

 

Herói - Quais as dificuldades na filmagem de Jaspion?
Kurosaki Foi difícil, mas muito prazeroso fazer Jaspion durante um ano. Começávamos cedo e terminávamos somente à noite. Líamos o texto para o dia seguinte à noite, ou alguns minutos antes de entrar em cena.

 

Ele também foi cantor. Na época, com o nome atístico, Hikaru Kurosaki


Herói - Como foi o assédio dos fãs? A série fez muito sucesso?
Kurosaki - A popularidade no Japão foi comum, nada de extraordinário.

 

Herói - Nos primeiros episódios, seu cabelo era bem engraçado. Aquele era seu cabelo de verdade? Por que ele foi cortado?
Kurosaki - Sim, era meu cabelo mesmo. Eu queria quebrar a velha imagem do programa de herói para crianças. Tinha a intenção de simbolizar a imagem do Tarzã Galáctico, a princípio. O impacto foi muito bom entre os fãs, mas os produtores decidiram cortá-lo.


http://4.bp.blogspot.com/-jJ3gXunHCNI/VoM8w8EBoFI/AAAAAAAAFpY/-3OnL4Lmig4/s1600/jaspion_entrevista_tokusatsu_4.jpg
 Jaspion enfrentando um de seus maiores inimigos, Zamurai, e já com o cabelo cortado.
 

Herói - Você interpretou o Jaspion nos momentos em que ele usava a armadura?
Kurosaki - Não, não tinha tempo para fazer isso e o traje nem servia em mim. Ele tinha um tamanho diferente. Três grandes dublês do JAC fizeram o Jaspion por mim: o Takanori Shibahara, Kazuyoshi Yamada e Noriaki Kaneda.

 

Herói - De que material era feita a armadura de Jaspion?
Kurosaki - Não sei lhe dizer em detalhes. Metal, plástico, couro, etc. Eram maravilhosamente feitos combinando os materiais por uma companhia chamada Rainbow. Existiam três tipos de armaduras para Jaspion. Era usado adequadamente de acordo com a tomada e a fotografia de cena. Por exemplo, para os closes era usada uma mais reluzente, para cenas de ação uma de material mais flexível etc.


 Por cenas como essas, podemos acreditar quando Kurosaki diz que eles riam muito nas gravações.
 

Herói
 - No Brasil, vimos você apenas em Bioman e Jaspion. Você trabalhou em outros seriados de heróis?
Kurosaki - Quando ainda era um dublê, apareci no seriado Homem-Aranha (versão japonesa) como um monstro e também em Denjiman e Sun Vulcan (seriados estilo sentai de 80 e 81 respectivamente). Depois fiz uma participação especial em Bioman, onde encontrei minha esposa, Asuka Yuko, que interpretava a vilã Fara.
Como eu ficava bastante tempo em Quioto, acabei participando mais de filmes de samurai, yakuza, enfim, produções mais elaboradas para o público adulto.

 

Herói - Porque você deixou o JAC?
Kurosaki Tinha pensamentos diferentes dos do Sr. Shinichi Chiba sobre o trabalho de dublê e o futuro do JAC. No final dos anos 80, não só o JAC mas também o cinema de ação passou por dificuldades financeiras e perderam muito em popularidade. Chiba pediu-me então que fosse fazer espetáculos num parque de diversões perdido no meio das montanhas de Ninjamura. Recusei porque um de meus amigos, Masato Akata, havia se ferido seriamente porque não havia condições adequadas se segurança. Como era empregado e, como acontece em qualquer empresa, me demitiram por isso.
(nota: Masato Akata era o dublê que usava o traje de Black Mask, Yellow Lion e Black Turbo. Informações não confirmadas dão conta que ele teria ficado paralitico, mas Kurosaki não comentou com maiores detalhes.)


http://4.bp.blogspot.com/-GFZkax2r1Qs/VoM9lBT9jvI/AAAAAAAAFpo/dj4dv5nlw68/s1600/jaspion_entrevista_tokusatsu_6.jpg
 Junichi Haruta (MacGaren), Kiyomi Tsukada (Anri) e Kurosaki, no especial após a série
 

Herói - O quê você fez depois disso?
Kurosaki - Me desliguei completamente do mundo artístico. Trabalhei por um ano vendendo motocicletas e com minhas economias comprei uma pequena "lanchonete" onde vendia takayoki (porções recheadas de polvo) no parque de Ueno. Mas não tinha licença de venda e meu dinheiro era extorquido diariamente ou pelos Yakuzas e a máfia local, ou pelos próprios policiais.
Fui levando até que cansei disso, mas tocar um negócio era algo que havia me agradado. O contato humano e coisas assim. Foi quando abri um bar noturno chamado Corvo, no sul de Tóquio. Infelizmente passei por dificuldades quando, em 1995, o Japão enfrentou uma crise financeira.

 

Herói - Você trabalha atualmente como mergulhador submarino, é isso mesmo?
Kurosaki Sim. Vivo como instrutor e guia de mergulho submarino, juntamente com minha esposa. É o que gosto e o que sempre quis fazer.
Junichi Haruta era o grande vilão em Jaspion. É verdade que ele não usava dublês nem para as cenas com traje?
Sim, é verdade. Ele é mesmo um grande homem, bem corajoso!


http://3.bp.blogspot.com/-UIkASiWekMY/VoM-U3e8F5I/AAAAAAAAFp0/WkSua9xcaIQ/s1600/p6291120.jpg_http://3.bp.blogspot.com/-pOJaDwdNAyE/VoM-s4JDSkI/AAAAAAAAFp8/j82b5fVSaG8/s1600/jaspion_entrevista_tokusatsu_8.jpg
 Seiki Kurosaki atualmente, em entrevista e onde mais gosta, perto do mar.


Herói - Quanto tempo demorava a filmagem de cada episódio?
Kurosaki - Cerca de cinco dias de gravação.

 

Herói - Em que você trabalhou após Jaspion?
Kurosaki - Atuei em um filme chamado Setouchi Shonen Yakyudan, Saigo no Rakuen (traduzindo: Pequena Liga de Beisebol de Setouchi, Último Paraíso).

 

Herói - O gênero dos Metal Heroes acabou. O que você acha destas séries e das atuais? Hoje os programas são muito simples se comparados aos das séries dos anos 80, não são?
Kurosaki - Sim. A tecnologia progrediu muito. Tais séries davam força. Mas as histórias não mudaram, infelizmente.

 

Herói - Você se machucou nas filmagens de Jaspion?
Kurosaki - Sim, os piores foram um ferimento na cabeça e um machucado no ombro, entre outros.


http://1.bp.blogspot.com/-5Ts5HkSX73c/VoM_Mh_MLhI/AAAAAAAAFqE/nywmSIXRTGY/s1600/jaspion_entrevista_tokusatsu_9.jpg
Após lutar tanto na vida, podemos ficar felizes porque "Jaspion" finalmente encontrou sua felicidade


Herói - Como era seu relacionamento com os demais atores?
Kurosaki - Eu tinha boas relações com todo mundo, mas especialmente com Hiroyuki Sanada, Tsuyoshi Ihara e a jovem geração de dublês do meu
tempo.


 
Herói - Aconteciam coisas engraçadas durante as filmagens de Jaspion?
Kurosaki - Todo dia. filmar era muito prazeroso porque todos tinham um grande senso de humor e ríamos o tempo todo.


Herói - O quê a atriz Kiyomi Tsukada (Anri) faz atualmente?
Kurosaki - Ouvi dizer que foi morar nos Estados Unidos.

 

Herói - Você tem filhos?
Kurosaki Infelizmente não.


http://4.bp.blogspot.com/-3ic0E-cb5KM/VoM_pYLgqAI/AAAAAAAAFqM/xtmB7MsEf0Y/s1600/jaspion_entrevista_tokusatsu_10.jpg

 

HeróiVocê voltaria ao mundo artístico para fazer séries ou filmes de ação?
Kurosaki - Não. Encontrei um novo modo de viver que adoro.

 

Herói Em um episódio em Jaspion você canta uma música acompanhado de Watari (Boomerman) na bateria. Que música era aquela?
Kurosaki Aquela era uma música original minha.

 

Herói - Como você se sentiu no último episódio de Jaspion, ficou triste com o fim da série?
Kurosaki - Sem dúvida. Após a transmissão de Jaspion na televisão me senti bastante triste e sozinho.

 

HeróiO especial de cinema de Jaspion não foi apresentado no Brasil. Qual a história deste filme?
Kurosaki - É uma compilação especial das melhores cenas da série, e era acompanhada de uma entrevista com Kiyomi, Junichi e eu.

 

Herói - Você conhece algo sobre o Brasil?
Kurosaki - Não conheço muito sobre o Brasil, desculpe. Mas é claro, espero poder ir aí algum dia.


A entrevista completa de Kurosaki. Infelizmente sem tradução ainda


Herói - Você já recebeu antes mensagens de fãs de fora do Japão?
Kurosaki - Sim. Tenho muitos fãs também na França e Ásia.

 

Herói - E qual a sua mensagem aos fãs brasileiros?
Kurosaki - Obrigado pelo apoio a mim e ao Jaspion. Agora estou com 39 anos, vivendo em Okinawa, Japão. Sinto muito prazer em estar junto de
meus amigos e de ir ao fundo do mar todos os dias. Se algum dia você tiver a oportunidade de vir para Okinawa, por favor, avise-me. Quando eu for ao Brasil, por favor, deixe-me provar todas as deliciosas comidas brasileiras.

 

Herói - Quais são seus planos para o futuro?
Kurosaki - Desejo poder realizar o sonho de algumas pessoas quando estamos no fundo do mar, nadando. Lembre-se: viva sempre para fazer seus sonhos tornarem-se reais.



Comentários da Tokufriends: Por mais tempo que tenha se passado, essa entrevista marca muito do que todos querem saber sobre o que aconteceu com o ator após sua demissão do JAE (Japan Action Enterprise. Na época, chamava-se JAC, Japan Action Club).

Em grupos como o Tokufriends - Tokusatsu no Facebook, vira e mexe algum fã pergunta o motivo para o ator nunca ter vindo para o Brasil. Tentativas houveram, o problema é que ele, depois de tudo o que passou, não queria e nem quer saber de relembrar este período da vida.

Já no tempo desta entrevista, Kurosaki estava com sua própria empresa, a Mother Earth, uma "empresa de mergulhos" em Okinawa, ao lado de sua esposa, que infelizmente faleceu em Fevereiro de 2012. A empresa segue existindo, claro.

Jaspion foi um ícone para os brasileiros da chamada "Geração Manchete", mas muito se fala até hoje sobre a série "não ter feito sucesso no Japão como fez no Brasil". Só que pelos índices de audiência, Jaspion não fez feio nem de longe no Japão (atingiu índices medianos parelhos com as séries da época). Isto é, portanto, uma das muitas lendas criadas pelos brasileiros.

A série Kyojuu Tokusou Juspion, foi trazida para o Brasil pelo empresário Toshihiko Egashira, e apenas agora em 2015/2016 é que os direitos de exibição para o site Wow!Play foram negociados pelo empresário Nelson Sato (Cybercops). Porém, mesmo durante todo este tempo, os áudios sempre foram de propriedade destes empresários, não importa o quanto tenha sido dito em contrário. 

0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos comentários, pois isso nos motiva. Apenas pedimos que evite termos ofensivos de qualquer tipo. Não aceitaremos comentários anônimos o/

Ir ao Topo